Período chuvoso favorece ocorrência de acidentes com animais peçonhentos

9

500x281_o_1b26mrr4n1gos1qamp8eet41oluaBasta começar o período de inverno amazônico, quando as chuvas são frequentes, para perceber nas áreas urbanas das cidades o aparecimento de animais peçonhentos, aqueles que possuem capacidade de injetar veneno no corpo humano. De acordo com a médica veterinária da Divisão de Fauna da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Márcia Gomes, neste período do ano os animais surgem nas residências em busca de abrigo e alimentação.

Eles procuram locais quentes e úmidos, e também são atraídos pelas presas. Nesta época, as aranhas estão em reprodução o que atrai as cobras. Já os escorpiões estão à procura de baratas. Segundo a médica veterinária, os animais peçonhentos que costumam provocar mais acidentes no Brasil são abelhas, aranhas, escorpiões, lagartas e cobras, destes, em Rondônia prevalecem os acidentes com cobras, aranhas e escorpiões.

‘‘Acidentes com abelhas e lagartas não são tão comuns porque o contato geralmente acontece na natureza. Raros são os casos que ocorrem na cidade. Porém, é importante destacar que as abelhas são atraídas por cheiros e cores fortes, e também pelo barulho, então, por exemplo, se você utiliza uma roçadeira no quintal, isso é um atrativo para a abelha. Ainda têm casos como agora no final de ano que as pessoas querem reformam as residências e utilizam tintas com cheiro forte, não demora muito e já começam a aparecer algumas abelhas e marimbondos’’, destacou.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA