Alison dos Santos impulsiona 'Vulgo malvadão' e MC Jhenny investe em versão 'light'

Alison dos Santos impulsiona 'Vulgo malvadão' e MC Jhenny investe em versão 'light'

Divulgação e Javier Soriano/AFP

"Chamo teu vulgo malvadão" foi impulsionada pela corrida de Alison dos Santos rumo a uma medalha em Tóquio. Ela já tinha embalado dancinhas de Neymar e mais 580 mil fãs no TikTok. Falta a última barreira da corrida: já está pronta uma versão (um pouco menos) sexual da letra.

O sucesso foi uma reviravolta para Jhennifer, 18 anos, cria do bairro Pantanal, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela virou MC por acaso. Em 2018, uma amiga desistiu da carreira de cantora quando ia gravar o funk "Couro coça". Ela estava no corre do estúdio e assumiu o bastão.

Do DJ Lucas da Barreira à corrida com barreiras

O funk do "vulgo malvadão" foi lançado por Jhenny em 2019, com o nome "Nem guindaste", composto pelo DJ Lucas da Barreira, também de Duque de Caxias. Dois anos depois, foi redescoberta por usuários do TikTok em busca de trilhas legais para suas dancinhas. E não parou mais.

Jhenny saiu do sucesso local em Caxias, no baile do B13, para virar hit nacional. "Agora eu tô viajando real", diz Jhenny, que está em São Paulo. Ela tem contrato com o escritório Funk das Galáxias, do Rio, que fechou uma parceria com a empresa paulista Love Funk.

Com a redescoberta no TikTok, ela relançou a faixa em parceria com DJ Kosta22 e MC GW. Eles lançaram um videoclipe em 30 de junho.

Leveza nos pés

"É muito bom ter esse momento de aquecimento, descontração, levar a prova mais leve. Quanto mais leve você está, mais rápido você corre", explicou Alison, dias antes de conquistar mais uma medalha para o Brasil.

A batida deixa leve, mas a letra é pesadona. Com a vitrine nacional de Alison, o objetivo de Jhenny agora é divulgar, além do original picante, a versão "light", com palavrões omitidos, que ela já tinha soltado em julho.

O atleta medalhista na prova 400m com barreiras foi flagrado dançando "Chamo teu vulgo malvadão" no aquecimento para a classificatória da prova na última semana.

A cantora estava gravando um clipe em São Paulo quando veio a notícia. "Um moleque veio me avisar que o Alison tava dançando a música. Eu fiquei toda feliz, porque só quem é MC sabe como é esse sonho".

MC Jhenny, cantora do hit "Chamo teu vulgo malvadão"

Reprodução/Instagram

Batidão olímpico

O som brasileiro já invadiu os Jogos Olímpicos de Tóquio com hits como "Zap Zum" (Pabllo Vittar), "Baile de Favela" (MC João), "Não nasceu pra namorar" (MC Zaquin), entre outros.

E com a conquista do bronze de Alison dos Santos, mais um hit ultrapassou as barreiras do TikTok e plataformas de streaming e foi parar no outro lado do mundo.

Sucesso no TikTok e no esporte

Atualmente, o hit já conta com mais de 584 mil vídeos com dancinhas no TikTok.

Entre os "dançarinos famosos" estão, além de Alison, os jogadores da seleção brasileira Neymar e Lucas Paquetá. Os atletas fizeram a dancinha em campo no início de julho durante partida contra o Peru. "Eu tô sem acreditar. Tô muito feliz", celebrou Jhenny.