Emicida anuncia álbum com áudio de show histórico no Theatro Municipal de São Paulo

Emicida anuncia álbum com áudio de show histórico no Theatro Municipal de São Paulo

De caráter histórico e emotivo, a apresentação do rapper paulistano gerou o documentário Amar-Elo – É tudo pra ontem – estreado em dezembro de 2020, um ano depois do evento, na Netflix – e, neste ano de 2021, dá origem a um álbum ao vivo com o áudio do show.

Nesta quarta-feira, 23 de junho, Emicida anuncia o lançamento do álbum AmarElo – Ao vivo, programado para chegar aos aplicativos de música em 15 de julho, em edição viabilizada por parceria da gravadora do artista, Laboratório Fantasma, com a Sony Music.

No disco derivado do show, Emicida alinha 23 músicas em 20 faixas em gravação ao vivo feita com adesões de Drik Barbosa, Jé Santiago, Majur, MC Tha e Pabllo Vittar.

Emicida reúne 23 músicas no disco captado em show apresentado em novembro de 2019

Jef Delgado / Divulgação

♪ Eis, na ordem do álbum Amar_Elo ao vivo, as 23 músicas cantadas por Emicida no disco com o áudio do show de 27 de novembro de 2019:

1. A ordem natural das coisas / Chiclete com banana – ao vivo com Mc Tha

2. Quem tem um amigo (tem tudo) / A amizade – ao vivo

3. Pequenas alegrias da vida adulta – ao vivo

4. Cananéia, Iguape e Ilha Comprida – ao vivo

5. Baiana – ao vivo

6. Madagascar – ao vivo

7. Alma gêmea – ao vivo

8. 9nha / Eu gosto dela – ao vivo com Drik Barbosa

9. Paisagem – ao vivo

10. Hoje cedo – ao vivo

11. AmarElo (com sample de Sujeito de sorte – Belchior) – ao vivo com Pabllo Vittar e Majur

12. Eminência parda – ao vivo com Jé Santiago

13. Pantera Negra – ao vivo

14. Boa esperança – ao vivo

15. Ismália – ao vivo

16. Levanta e anda – ao vivo

17. Principia – ao vivo

18. Gueto – ao vivo

19. A chapa é quente – ao vivo

20. Libre – ao vivo