Conrado e Sorvetão viram alvo de críticas por vídeo de Dia dos Namorados: "Casal hétero, cristão e tradicional"

Conrado e Sorvetão viram alvo de críticas por vídeo de Dia dos Namorados:

No Dia dos Namorados, Andréa Sorvetão e Conrado publicaram um vídeo nas redes sociais para pedir o patrocínio de marcas destacando o fato de que são um “casal hétero, cristão e tradicional”. Em pouco tempo, eles viraram alvo de críticas pela postagem. Para a maioria dos seguidores, a gravação que reafirma a heterossexualidade de Conrado e Sorvetão desrespeita outros casais. Por exemplo, um dos internautas comentou: “Que preconceituosos. Será que vocês se acham melhores do que os outros por serem héteros?”. Após a repercussão negativa, o cantor gravou outro vídeo para afirmar que a intenção não era ofender ninguém.

“Parece que nossa fala foi entendida como ironia. Estávamos tentando chamar a atenção de empresas para que nos patrocinassem, como quem diz: ‘Nós, que somos héteros, cristãos e tradicionais, podemos trabalhar também?’. Pelo visto, a resposta foi “não”. Com todo o respeito à classe LGBTQIA+, a intenção não foi ofendê-los. O tom da ironia foi direcionado às empresas. Estou sozinho fazendo este vídeo porque a Andréa não tem condição, está muito abalada, sem sequer conseguir levantar da cama”, disse Conrado. Ele ainda analisou que as críticas não fazem sentido, que não pode ser taxado como homofóbico porque já tirou fotos para uma revista masculina. “Eu já fiz a G Magazine. Como eu sou homofóbico se eu fui fazer uma revista voltada ao público gay? Como é que eu posso ser homofóbico? Não coloque esse título em mim, ou na minha família. A nossa carreira é limpa. Eu não tenho culpa de ter constituído uma família hétero, cristã, tradicional, porque eu fiz um trabalho artístico. Ou isso não é visto como arte para vocês?”, questionou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Andréa Faria Sorvetão 🅰+ (@andreasorvetaooficial)