Orçada em R$ 2,2 mi, obra de praça está parada há 2 anos em Ji-Paraná

12

20160704_104319A obra da praça Beira Rio Cultural vai completar dois anos de atraso em Ji-Paraná (RO), região central do estado. Criado em 1994, o local começou a ser revitalizado em fevereiro de 2014 e foi orçado em R$ 2,2 milhões, porém os trabalhos foram paralisados em dezembro do mesmo ano por atrasos nos repasses. Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura e Serviços Públicos de Rondônia (DER-RO), o projeto estrutural, que previa a construção de quiosques, passou por readequação e custará mais R$ 2,5 milhões, além do que já foi investido.

Conforme o DER-RO, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) suspendeu os repasses para várias obras no estado, o que causou a paralisação nas obras do Beira Rio há quase dois anos. Conforme o diretor geral do órgão, Ezequiel Neiva, a equipe de engenharia do DER deverá, dentro de 60 dias, apresentar adequações no projeto. Após isso, um novo processo licitatório será realizado.

O projeto inicial da praça Beira Rio Cultural previa a construção de quiosques e restaurantes, muro de contenção nas margens do Rio Machado, calçamento de concreto e uma passarela para acesso à BR-364.20160704_104745

De acordo com o DER, o valor inicial do projeto era de R$ 2.280.148,30 e foi preciso adequação para a construção de um aterro após a enchente que atingiu o município e afetou o local. Até agora, cerca de R$ 1,2 milhões já foram investidos no espaço, o que representa 45% da execução das obras.

O órgão informou que o projeto estrutural foi readequado e entregue, mas ainda falta o projeto complementar, que envolve parte hidráulica e elétrica. Todo projeto deve ser entregue até o fim deste ano, onde ficará disponível para licitação. A licitação deve ocorrer entre 60 e 90 dias e a previsão de inicio das obras é no primeiro semestre de 2017.

Ainda segundo o DER, as readequações vão custar mais R$ 2,5 milhões, além do valor que já foi investido no local.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA