Juarez Rosa é campeão rondoniense

16

corrida-archer-pinto-juarez-copy-300x225-1Para o campeão dos 21 quilômetros, Juarez Rosa, de Santa Luzia – Rondônia, o percurso foi um dos atrativos do evento. “A prova foi belíssima. Você passar pelo Teatro Amazonas e perto do rio Negro só isso já vale a prova. Tenho certeza que no ano que vem essa corrida vai trazer muita gente de fora até pra fazer turismo esportivo”, concluiu o atleta rondoniense.

Juarez Rosa disse à reportagem do Diário que se mudou para Manaus por conta da sequência de Corridas de Rua, que lhe garante a subsistência em moradia e financeira. “As competições em Manaus são sequenciais e muito competitivas, nunca menos de 1000 a 1.800 atletas e o pelotão de frente com cerca de 100 atletas de níveis equiparados, situação que lhe obriga a treinar intensamente”, explicou Juarez Rosa. Sobre a corrida ele disse que sabendo da força dos atletas manauaras largou forte, mas foi perseguido de perto pelos atletas de Manaus, Pará, Roraima e Amapá, que vieram em sua cola “morcegando”, mesmo assim não perdeu a sua concentração e se livrou do grupo em Meia Maratona de Manaus e Corrida da Jovem Pan reuniram mais de duas mil pessoas em percurso que passou por belos pontos da cidade.

Muita emoção, belíssimas paisagens e bastante suor foram os combustíveis que moveram mais de dois mil corredores na Meia Maratona Manaus e Corrida 6 quilômetros Jovem Pan na manhã do último domingo (13). Com largada às 6h, na Arena da Amazônia, a prova se torna um marco nas corridas de rua na capital amazonense.

O sol mal deu as caras iluminando a Paris dos Trópicos e milhares de atletas já se aqueciam para o evento, que teve as inscrições esgotadas em tempo recorde. Na faixa de largada, atletas de todas as idades lutavam por um espaço para a tão esperada saída das duas provas do circuito.

Na prova dos 6 quilômetros, o primeiro a cruzar a linha de chegada foi Manoel Xavier, com o tempo de 22m05. Entre as mulheres, a vencedora foi a triatleta Jéssica Santos. A “Dama de Ferro” do atletismo amazonense terminou o percurso de 6 quilômetros com a marca de 26m57.

Na Meia Maratona, onde os fracos não têm vez, quem venceu foi o rondoniense Juarez Rosa Silva. O atleta radicado no Amazonas venceu o Sol e calor intenso do trajeto de 21 quilômetros com o tempo de 1h09m33.

Mostrando que as mulheres correm tão bem quanto os marmanjos, Risonete dos Santos foi a vencedora na categoria feminina com a marca de 1h23m40.“Preparei-me bem não só para essa prova, mas também para outras que pretendo disputar ainda esse ano”, disse Risonete, logo após cruzar a faixa de chegada.

FONTE: Diário da Amazônia

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA